sábado, 12 de fevereiro de 2011

Clube de Espiões

     Três crianças como qualquer outra criança saudável: coradinhas, cheirosinhas e criativas. Brincando de pique-esconde, desvendaram todo o quintal. Conheciam cada espacinho e dificilmente errariam o palpite caso colocadas em algum lugar dali de olhos vendados. Só tropeçavam durante a cobra-cega (ou cabra-cega, sempre discutiam sobre isso) se algum adulto modificasse alguma coisa; uma caixa, uma vassoura fora do lugar, a mangueira desenrolada pelo chão.
     A mais velha, 9 anos e única menina, apresentou Chiquititas aos outros dois (8 e 7 anos cada um). Não demorou muito mais que dois meses, e os três já tinham tudo planejado na cabeça. Usando o verso de uma folha de tabuada, a mais velha desenhou o mapa do quintal e os outros dois copiaram usando um kit de desenho. Fugiriam de casa na noite seguinte, logo depois do jantar, quando seus pais levariam mais tempo para notar que, de repente, o ambiente tinha ficado quieto.
     Esvaziaram a mochila da escola e encheram-na de coisas realmente úteis para a jornada. Garrafinha de Yakult, Trakinas, Passatempo, um lápis e uma borracha ("sei lá, né!"), sabonete, toalha de mão, lanterna do carro do pai de alguém, uma almofada, uma tartaruga e um coelho de uma orelha em pé e outra caída.
     - Você não vai levar esse coelho.
     - Por quê não?
     - Porque ele tem uma orelha em pé e outra caída. Ele tem cara de suspeito.
     - Então você não leva essa sua tartaruga cascuda aí. Se ela roubar alguma coisa e levar pra dentro do casco dela, a gente nunca mais pega de volta.
     Tudo pronto. Jantaram frango com arroz, feijão e tomate. A mais velha lia o mapa, enquanto o gordinho apontava a lanterna pra onde ela indicava. Sobe aqui, desce ali, vira à esquerda mais à frente, acabaram no telhado de casa, e dali descobriram que podiam andar pelos telhados de quase toda a vizinhança.
     Se podiam, fariam. Resolveram ir pra casa da direita porque... "sei lá, né!", e descobriram uma telha solta.
     - É um alçapão!
     - Não é não, é um porão.
     - Ai, burro. É um sotão.
     - Acho que é porão.
     - A gente pode morar aí dentro.
     - Arranca a telha!
     - Aqui. Arranca essas também.
     - Pronto, eu passei! Sou mais gordo, então vocês também passam!
     - Legal. Esse pode ser o nosso clube.
     - Clube do Alçapão...
     - É sotão.
     - Porão!
     - Clube de Espiões. Bota isso no mapa.
     Duas horas depois, eles estavam de castigo no quarto. Enquanto ouviam o vizinho que gritava com os pais lá na sala, pensavam em quando fugiriam outra vez. O clube de espiões não poderia acabar...
     Mais de dez anos depois, cada um tendo tomado o próprio rumo há algum tempo, tendo cada um vivido coisas completamente diferentes, quase não se reconheceram durante a festa de 70 anos da avó. Um deles tinha até um sotaque meio diferente de... sei lá, né.

Crianças aleatórias em Ipanema
Câmera: LC-A+
Filme: Lomography ISO 100
O "Clube de Espiões" realmente existiu. Embora não tenha sido "fundado" como descrito no texto, terminou de forma bem semelhante.

6 comentários:

J.R. disse...

Nossa, interessante o fato!!! Parabéns pelo blog. Abraço.

caio disse...

Contagiante. Não me permiti parar de ler no meio do caminho. E o do RadioHead também é muito, muito bom, apesar de Radiohead nem ser tão bom assim.
Você acabou de ganhar um seguidor. rs
E essa idéia da fotografia, também tenho móó vontade de fazer. rsrs

aqueldodread.blogspot

JulieC. disse...

Adorei, adorei, adorei! *----*
Parece, assim... mais ou menos com a série Os Karas! Demais!
Obrigada pelo comentário no meu blog!
Beijinhos!

Tutoriais disse...

muito bom o conteudo muito bom mesmo parabens :D

Anjo Noturno disse...

Sei lá, néh rs... E qual especialidade a ser espiada?? Idealizei a narrativa e me lembrei que qdo era menina e via os sotãos nos filmes ficava amedrontada ;)
Passa lá tbm...
http://estigmaangel.blogspot.com/

garotoforense disse...

Oi, obrgado pelo comentário,
gostaria sim de fazer parceria, me avisa quando você tiver me linkado.
(posso usar seu cabeçalho como pequeno banner?) responda com comentário no meu blog obrigado.

eXTReMe Tracker

  © Blogger template Shush by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP